Está em uma situação de Emergência?

Estrutura de imóveis atingidos por explosão na Eletronorte não foi abalada

Estrutura de imóveis atingidos por explosão na Eletronorte não foi abalada

• Atualizado há 5 meses ago

A Prefeitura de Belém, por meio da Comissão de Defesa Civil Municipal, realizou vistoria técnica em 227 imóveis que foram afetados pela explosão ocorrida na Eletronorte na tarde da última terça-feira, 15, no bairro Terra Firme. Em nenhum deles foram constatados danos estruturais.

A Defesa Civil solicitou à Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semma) análise da área onde ocorreu a explosão do cilindro, a fim de assegurar a inexistência de vazamentos de material que coloquem em risco o meio ambiente.

O trabalho de vistoria técnica iniciou na manhã seguinte ao sinistro e encerrou nesta segunda-feira, 21. Os relatórios estão sendo produzidos pelo corpo de engenharia civil da Comissão Municipal e serão entregues aos proprietários, à medida que forem finalizados.

Ressarcimento – O superintendente regional da Eletronorte, Marcelo dos Santos Souza, garantiu o ressarcimento dos danos causados pelo sinistro no interior da empresa.

Para o atendimento exclusivo aos afetados pela situação, a empresa instalou canais de atendimento à comunidade: presencial, na recepção da Subestação Guamá (Av. Perimetral, 2081); por telefone ou WhatsApp, no número (91) 991812147; ou pelo e-mail: comunidadeguama@eletronorte.gov.br

Além de residências e pontos comercias localizados em ruas próximas à fábrica de hidrogênio na Subestação do Guamá, 20 empresas, incluindo a Fundação Guamá e dois laboratórios da Universidade Federal do Pará, residentes do Parque de Ciência e Tecnologia (PCT) Guamá, localizado a cerca de um quilômetro da Eletronorte, também sofreram impacto da explosão e receberam vistoria da Defesa Civil de Belém.

Relembre o caso – Por volta das 15h do dia 15 de março, uma explosão na fábrica de hidrogênio na Subestação do Guamá da Eletronorte provocou um incêndio, que foi controlado pelo Corpo de Bombeiros. Não houve interrupção na transmissão de energia.

Segundo a empresa, dois empregados do quadro e dois terceirizados ficaram feridos, com baixa gravidade. No mesmo dia, a Comissão de Defesa Civil de Belém iniciou o levantamento dos imóveis impactados pela explosão.

Veja também